Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



Bico grande para falar e pequeno para fazer

por Fernando Zocca, em 20.09.10

 

 

A candidata da coligação para o Brasil Seguir Mudando Dilma Rousseff e o presidente Luiz Inácio Lula da Silva, participaram de mais um comício com milhares de pessoas, agora em Campinas (SP), a nona cidade mais rica do país.

 

Dilma falou diretamente com a plateia no Largo do Rosário, em Campinas fazendo uma avaliação sobre que tipo de país as pessoas devem escolher nos próximos quatro anos. “Vamos decidir o rumo do Brasil, para onde esse país vai. Nós queremos aquele país do desemprego? Não [respondia junto com os eleitores]. Nós queremos aquele país da desigualdade? Não [disse novamente com a militância]. Aquele país que ninguém tinha chance de subir na vida? Não. Nós queremos aquele país que deu chance para as pessoas”, completou.

 

“Esse legado de justiça social, de desenvolvimento e respeito ao meio ambiente. Vou seguir um conselho que o Lula me deu: olha, você sabe que o difícil não é governar, o difícil é governar com o coração cuidando do povo brasileiro. Para cuidar do povo brasileiro tem que ter lado e saber de que lado você está. Nós sabemos de que lado estamos. Estamos do lado dos 190 milhões” disse a candidata ao comentar sobre o legado do governo Lula.

 

O candidato a vice, deputado Michel Temer (PMDB-SP), fez questão de ressaltar a importância da festa popular:  “Quando eliminamos o showmício, todos os deputados disseram que não haverá mais comício nesse país. Mas o governo Lula foi tão benéfico e grandioso que os comícios se repetem pelo show do governo Lula”, disse.

 

O presidente Lula condenou o comportamento da oposição nessa eleição. Segundo ele, os tucanos têm agido com soberba e empáfia, assim como fizeram quando estavam no governo.

 

“Não tem nada que faça um tucano sofrer mais do que a gente mostrar que eles tem bico grande para falar e bico pequeno pra fazer. Eles não gostam de comparação, odeiam que a gente mostre o que eles fizeram e o que nós fizemos. Os tucanos nunca receberam os trabalhadores, os estudantes. Os tucanos não ouvem. Eles não têm ouvido. Eles só têm bico e bicam, bicam”, disse Lula, durante o discurso.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 14:07

                               O candidato do Partido dos Trabalhadores ao governo do Estado de São Paulo Aloízio Mercadante participou na quinta-feira (09/09), ao lado de Netinho de Paula, Marta Suplicy, Eduardo Suplicy, Michel Temer e do presidente Luís Inácio Lula da Silva, de um comício em Ribeirão Preto SP.

 

                Discursaram Aloízio Mercadante, Netinho de Paula, Marta Suplicy, Michel Temer e Lula.

 

               Netinho apresentou “o time do presidente Lula”. Marta falou sobre a tarefa de eleger a Dilma. Mercadante apontou um desafio: “Fazer o coração de São Paulo bater junto com o coração do Brasil”.  “São Paulo não pode ser da turma do contra”, disse ele.

 

                Michel Temer afirmou que “A Dilma não veio, porque ganhou um neto. O neto Gabriel. Vocês sabem que Gabriel é nome de anjo. E é Anjo que anuncia boas novas. Eu tenho a impressão que o Gabriel veio, para ao lado de milhões e milhões de brasileiros, anunciar a vitória da Dilma Rousseff. Eu não tenho dúvida disso”.

  

                Dizendo não haver nada pessoal contra os tucanos, Lula garantiu ser a divergência de ordem política. Lula afirmou que os tucanos queriam vender tudo: a Caixa Econômica Federal, o Banco do Brasil, e a Petrobras. Enquanto isso como acontece com os pedágios, “O povo vai pagando até o ar que respira”. Depois afirmou “São Paulo não pode ficar na mão de tucano a vida inteira”.

 

                Veja alguns momentos do comício dos candidatos em Ribeirão Preto.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 16:55

Coca Ferraz garante destinação de verba federal

por Fernando Zocca, em 10.09.10

Coca Ferraz (PDT), vice da chapa de Aloízio Mercadante (PT), que concorre ao governo do Estado de São Paulo, visitou ontem (09/09), a cidade de Birigui, onde caminhou e conversou com o interventor da Santa Casa de Misericórdia Fábio Dutra Bertolin.

 

Na ocasião, o interventor disse que de acordo com auditoria realizada pelo DENASUS (Departamento Nacional de Auditoria do SUS), o governo do PSDB no Estado deixou de aplicar, apenas entre 2006 e 2007, cerca de dois bilhões de reais na saúde pública. “Esse dinheiro já havia sido liberado pelo governo federal e o estado não deu destinação. E isso com a saúde do jeito que está, com filas imensas e atendimento precário”, disse Bertolin.

 

Em resposta Coca Ferraz mostrou disposição para mudar essa deficiência. “No governo Mercadante esse tipo de situação não se repetirá. Governaremos em sintonia com a presidenta Dilma, garantindo destinação para cada verba federal liberada. Não é possível que o povo pague por decisões motivadas por política”, garantiu o vice de Mercadante.

 

Outro problema detectado foi a crescente perda das indústrias de calçados infantis da região, para algumas cidades de Minas Gerais e Mato Grosso do Sul. “O governo Mercadante não irá permitir que as cidades paulistas percam em competitividade para os outros Estados. Vamos garantir os incentivos necessários para que as empresas não deixem São Paulo”, garantiu Coca Ferraz.

 

Veja no vídeo, alguns momentos do comício que o candidato ao governo do Estado de São Paulo, Aloízio Mercadante (PT), fez ontem (09/09), na zona sul da capital.

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 15:19

Coca reconhece apoio do prefeito de Tanabi

por Fernando Zocca, em 09.09.10

 

 

O prefeito de Tanabi José Francisco de Mattos Neto (DEM) quebrou as amarras e ficou famoso justamente por contrariar a decisão de seu partido, e apoiar as candidaturas de Dilma Rousseff à presidência da república, e de Aloizio Mercadante ao governo de São Paulo.

 

Ontem quarta-feira (08/09), em Tanabi, diante do vice de Mercadante, Coca Ferraz, José Francisco reafirmou tudo o que dissera antes.

 

“A Dilma será eleita em primeiro turno. E é muito importante que o Aloizio Mercadante seja o próximo governador de São Paulo. Como senador ele ajudou muito Tanabi e o estado. E tenho certeza de que no governo ele ajudará ainda mais”, garantiu o prefeito José Francisco de Mattos Neto.

 

“Aqui em Tanabi, cerca de 80% dos recursos para obras que recebemos são federais. Nunca fomos desprezados por sermos de partidos distintos”, finalizou o prefeito eleito pelo DEM.

 

“Ele reconhece que temos os melhores projetos e as melhores propostas. A coragem dele em apoiar as candidaturas de Dilma e Mercadante demonstra preocupação com seu país, seu estado e sua cidade. Hoje, mais cedo, em Santa Fé do Sul, recebemos o mesmo tipo de elogio ao governo federal. O compromisso de Mercadante é trazer esse projeto de governo participativo para São Paulo” reconheceu Coca Ferraz.

 

 


 

 

Leia o programa de governo de Aloízio Mercadante.

 


 

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 17:21

Os erros do Antônio Carlos

por Fernando Zocca, em 05.09.10

 

 

 

                             Para cometer essa injustiça, contra o pessoal do PT e do PSDB, o contador Antônio Carlos Atella Ferreira deve ter sido um sujeito bastante prejudicado. Na verdade pode até ser daqueles que, não vendo saída para seus problemas, resolve logo botar fogo no circo.

 

                A falsificação de documentos é um crime geralmente cometido por alguém que, em situação desvantajosa, procura por meios que não sejam os legais, reverter a situação.

 

                Seu inconformismo com as vicissitudes pessoais, que não pode controlar, faria dele um empreendedor capaz de tentar, por meios escusos, chamar a atenção sobre si mesmo, ao mesmo tempo em que apontaria os supostos erros alheios.

 

                Com seu ato criminoso, talvez ele tentasse descobrir naqueles documentos, irregularidades com as quais pudesse justificar seus próprios equívocos. Ai então ele diria:

 

                - Se fulana rouba, por que eu não posso também fazer o que faço?

 

                E depois então, quando os dois maiores interessados tivessem se digladiando, por causa da ilicitude cometida, pudesse o senhor Antônio Carlos dizer:

 

                - Está vendo? Eu não falei? Eles se acusam mutuamente, não se entendem, estão ambos errados e é por isso que nós sofremos aqui desse jeito.

 

                Talvez a noção de que os mitos Al Capone e Wilson Simonal, foram demolidos por ações de contadores, tivesse inspirado o senhor Antônio Carlos a fazer o que fez.

 

                Aprontar saia justa para os outros, motivado por problemas de ordem pessoal, que não consegue resolver, sem dúvida nenhuma, não só agravaria os maus momentos vividos, como complicaria a situação particular no futuro.

 

                Mudando de assunto, veja no vídeo abaixo o momento em que o presidente Luís Inácio Lula da Silva conclama os eleitores a votarem em Mercadante e Dilma Rousseff.

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 18:00

 

                               Prosseguindo sua marcha rumo ao Palácio dos Bandeirantes, sede do governo do Estado de São Paulo, o candidato petista Aloízio Mercadante acompanhado por Michel Temer, Marta Suplicy e Netinho de Paula, estiveram ontem na Baixada Santista.

 

             Falando à imprensa, aos moradores e a todos os que vivem na região, Mercadante ressaltou a importância vital de um aeroporto, do porto e também da ponte a ser construída.

  

             A Baixada Santista tem papel preponderante no pré-sal – importante jazida de petróleo no litoral sudeste - e por isso essas obras estratégicas precisam de uma atenção especial do governo do Estado.

 

             Junto com a proposta de 7.000 empregos diretos, relacionados às obras que a extração do petróleo exige, Mercadante aproxima-se do Palácio dos Bandeirantes.

 

             Nas pesquisas de opinião – publicadas ontem (3/9) - o avanço do candidato reduziu em oito pontos a vantagem de Geraldo Alckmin (PSDB) na disputa pelo governo.

 

              Segundo o Datafolha, Mercadante subiu quatro pontos percentuais em relação à pesquisa anterior, divulgada há uma semana, e aparece agora com 24% das intenções de voto. Alckmin caiu quatro pontos e tem 50%.

 

            A diferença entre os dois diminuiu de 34 para 26 pontos, a menor margem desde o início da campanha.

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 16:02

Mercadante recebe o apoio das lideranças sindicais

por Fernando Zocca, em 03.09.10

                  O senador Aloízio Mercadante, candidato do Partido dos Trabalhadores, ao governo do Estado de São Paulo, participou ontem (quinta-feira 2/9), de um encontro com sindicalistas, ocorrido na capital.

                No transcorrer do evento, Mercadante recebeu das lideranças, o documento Agenda da Classe Trabalhadora, que denuncia a ausência de negociação e o descaso do atual governo do estado, nas áreas da educação e saúde.

                “Eles esperam um governador que governe com o coração, que entenda o problema dos trabalhadores e olhe, principalmente, para a qualidade das políticas públicas, da educação dos seus filhos”, disse o candidato numa entrevista à imprensa.

                Mercadante assumiu o compromisso de atender as demandas apresentadas “fazendo o melhor para todos”, garantindo que valorizará os professores e melhorará a qualidade do atendimento do Sistema Único de Saúde. “Porque a saúde pública ainda é muito deficiente. Os trabalhadores ainda sentem muita deficiência quando precisam fazer uma cirurgia ou um exame de especialidade”, disse ele.

                 Além da Central Única dos Trabalhadores (CUT), que promoveu o evento, participaram também a Central dos Trabalhadores e Trabalhadoras do Brasil (CTB), o PMDB Sindical, a Central Geral dos Trabalhadores do Brasil (CGTB-SP), a Força Sindical, a Nova Central Sindical dos Trabalhadores (NCST-SP), o Sindicato dos Comerciários de São Paulo e a União Geral dos Trabalhadores (UGT-SP).

                Os candidatos ao senado Netinho de Paula (PCdoB) e Marta Suplicy (PT), também participaram do evento e assumiram o compromisso de defender, no Congresso Nacional, a luta dos trabalhadores. Mercadante destacou a importância de eleger pela primeira vez, um negro e uma mulher, para o Senado pelo Estado de São Paulo.

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 14:17

Um time campeão

por Fernando Zocca, em 02.09.10

 

 

                          Você, com certeza, já assistiu ao jogo em que um time, demostrando melhor iniciativa dentro do campo, apresentando melhores propostas de chegar ao gol, e resolver as questões da partida, é sistematicamente frenado por ações delituosas do adversário.

 

                   Então a frequência dos puxões na camisa, cotoveladas, e carrinhos desonestos, dos que não se sentem a vontade, enfeiam em muito, a partida.

 

                   É o que se pode afirmar, dessa tentativa do pessoal do PSDB, em atribuir ao PT, a autoria dos delitos praticados na sede da Receita Federal de Mauá SP.

 

                   Por trás disso tudo pode até existir aquela sensação de que os petistas, sendo ingênuos, não possam defender-se dessas armadilhas pré-eleitorais.

 

                   Esse script já foi encenado em Piracicaba há alguns anos passados, durante uma eleição municipal. Naquele tempo, dizia-se que os opositores do PSDB, providenciaram a edição de alguns documentos, com acusações graves, contra os tais postulantes da elite, aos cargos no executivo.

 

                   O bafafá que se formou serviu mais pra acirrar a confusão e a discórdia, do que propriamente proporcionar ao eleitorado informações úteis, sobre os candidatos e suas propostas para o bem da maioria.

 

                   Esse tipo de ocorrência serve pra denegrir o adversário, tentar diminuir-lhe a importância, e fazer para o acusador, uma tentativa de melhora, na preferência do eleitorado.

 

                   É claro que o eleitor adere às propostas que possam ser-lhe mais úteis. A alimentação e o conhecimento são fundamentais hoje em dia para a manutenção da vida digna.  Quem dispensaria isso?

 

                   As pessoas que atribuem às outras a autoria de crimes, sem terem como provar, certamente não possuem propostas melhores que tragam pra junto de si, a simpatia do eleitorado.

 

                   Veja no vídeo abaixo a homenagem que o Senador Aloízio Mercadante, candidato do Partido dos Trabalhadores ao governo do Estado de São Paulo, faz à militância petista.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 02:30

O mísero raio X

por Fernando Zocca, em 31.08.10

            Nós sabemos todos que a política desenvolvida no Estado de São Paulo, não está mesmo dando certo.

 

             Mas, quais seriam os sinais indicativos de que a situação está ruim? É só observar, por exemplo, o que acontece com o ensino público.

 

             Comprovamos o fracasso das diretrizes tucanas, nesses tempos horríveis, observando a desestruturação das escolas públicas, vendo o defasamento dos salários dos professores, constatando o desmonte da organização escolar e presenciando o aprendizado das crianças, que não acontece.

 

             Outro sinal importantíssimo, indicativo de que o que eles, os bicudos fazem, não está dando certo, é a insensibilidade aos apelos do funcionalismo do judiciário.

 

             Alguém já testemunhou uma greve tão longa igual a essa, de mais de 171 dias, no Poder Judiciário?  Esses problemas todos, que trazem prejuízos enormes, pra toda sociedade brasileira, teriam na sua gênese, o equivoco de priorizar, não as pessoas, mas sim a matéria inanimada.

 

                É preciso também substituir esse modo de encarar, de conduzir a saúde pública, tornando-a mais eficiente. Onde já se viu tamanha trabalheira, tamanho descaso com o sofrimento do pobre, que precisaria de uns míseros raios X?

 

             E tem mais: nós achamos que se a filosofia do governo federal está dando certo, beneficiando a tantos milhões de brasileiros, com a bolsa escola e a bolsa família, por que então não as instituir no Estado de São Paulo?

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 14:35

Mercadante e Lula marcam comícios em São Paulo

por Fernando Zocca, em 30.08.10

O senador Aloízio Mercadante candidato do Partido dos Trabalhadores ao governo de São Paulo participou, na noite deste domingo (29), de um jantar no apartamento do presidente Lula, em São Bernardo do Campo, na região do Grande ABC paulista.

 

Em seguida o candidato petista comunicou, através de sua página no Twitter (@Mercadante), que depois de uma conversa com o presidente Lula e sua esposa, Marisa Letícia, marcaram uma série de comícios conjuntos para a reta final das eleições. "Nesta noite conversei longamente com o presidente Lula e Marisa. São Paulo vai ser prioridade para os dois" postou ele no Twitter.

 

"Marcamos vários comícios com o presidente Lula na reta final. E com ele vamos vencer", garantiu o candidato que, segundo última pesquisa Ibope, divulgada no sábado (28), subiu nove pontos, alcançando 23% da preferência do eleitorado paulista contra 47% de Geraldo Alckmin (PSDB).

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 14:29